Notícias

Ver notícia

A pandemia do novo coronavírus evidenciou que o acesso ao saneamento básico é fundamental para a prevenção de doenças. O serviço é classificado como essencial e, por isso, não pode parar. Além de garantir a plena operação do abastecimento de água, o município de Barcarena (PA) conta agora com a primeira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE Cabanos), com capacidade de tratar, a cada hora, 18 mil litros de dejetos, devolvendo-os ao meio ambiente em condições adequadas.

Em um momento que é necessário diminuir os riscos de contaminação de outras doenças, o tratamento do esgoto torna-se imprescindível. O avanço na cobertura de esgotamento sanitário no município é um exemplo do compromisso da Águas de São Francisco em contribuir para a saúde da população. É que a cada R$ 1,00 investido em saneamento, economizam-se R$ 4,00 em custos com saúde.

O investimento vem na contramão da realidade do estado, que registra a pior posição no Ranking do Saneamento 2020, do Instituto Trata Brasil, que considera as 100 maiores cidades brasileiras em termos de população. Encabeçada por Ananindeua (100º), a lista segue com Santarém (97º) e Belém (95º) entre as dez cidades com os índices mais preocupantes.

Em Barcarena, a concessionária Águas de São Francisco trabalha na ampliação da cobertura que, em breve, beneficiará 14 mil moradores. O projeto de expansão inclui a implantação de duas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE). Localizada às margens do rio Murucupi, a ETE Cabanos utiliza Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA), tecnologia que confere mais eficiência na operação e requer menor utilização territorial, quando comparado às estruturas tradicionais. Após a remoção de poluentes, através de processos físicos e biológicos, o esgoto tratado volta ao meio ambiente e preserva os recursos naturais do município.

“O saneamento é um relevante agente de saúde preventiva, uma vez que, ao garantir água tratada e esgotamento sanitário, a população fica protegida de doenças de veiculação hídrica. No enfrentamento à pandemia, iniciamos a operação da primeira Estação de Tratamento de Esgoto de Barcarena, com a certeza de contribuir positivamente para o desenvolvimento da cidade e bem-estar dos moradores”, destaca Cleyson Jacomini, diretor-presidente da Águas de São Francisco.

O prefeito Paulo Alcântara destaca a estreita relação entre saúde pública e esgotamento sanitário. “Não se trabalha saúde, sem antes pensar em qualidade de vida, para evitar que as pessoas adoeçam. Isso tem a ver com saneamento básico e tratamento de esgoto. Isso também é saúde. A ETE Cabanos é um investimento importante e a Prefeitura vai incentivar também a sua ampliação”.

Compartilhar:

Veja Também

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de São Francisco.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de São Francisco oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Revista Aegea Saiba mais
Revista Aegea

Faça o download da Revista Aegea e fique por dentro das novidades que acontecem na empresa.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.