“É a realização de um sonho” diz Líder Comunitário do Novo Paraíso ao ver bairro recebendo implantação de rede de água

Postado por saofrancisco em 11/dez/2020 - Sem Comentários

A Águas de São Francisco iniciou a implantação de rede de água no bairro Novo Paraíso, em Barcarena. Por meio do Projeto Água Pai D’égua, iniciativa da concessionária, as equipes multitarefas realizam mutirões de serviços instantâneos levando água para centenas de moradores que antes não contavam com abastecimento.

O Líder Comunitário do bairro, em conversa com a equipe da empresa, revelou que ver obras de saneamento nas ruas do bairro está sendo a realização de um sonho. “Basta conversar com algumas famílias para notar o desejo dos moradores em ter água tratada nos chuveiros e nas torneiras. Há famílias que tem poço artesiano, mas não cofiam em consumir. Outras, nem poço tem e dependem diariamente do vizinho. Além da qualidade de vida, benefícios como a valorização do imóvel e garantia da saúde serão agregados”, relatou o líder comunitário, Raimundo Nonato.

Novo Paraíso, que tem aproximadamente 1.300 famílias, segundo a Comissão Comunitária do bairro, é abastecido pelo Sistema Pioneiro, que também abastece os bairros Bom Futuro, Burajuba, Laranjal, Murucupi, Novo Horizonte, Sítio Conceição e Pioneiro. “Ter água encanada como outras pessoas que eu conheço é me sentir parte de uma população que todo dia lava roupa, lava louça, toma banho normalmente, sem preocupação. Teve vezes que já passei 20 dias sem água porque queimou a bomba da pessoa que me cede”, relata Nara Silva, moradora do bairro.

“Nossas equipes já atuaram no Murucupi, Sítio Conceição, Pioneiro e está trabalhando consecutivamente, no Laranjal. Estamos trabalhando há mais de ano buscando regularizar toda a área com foco principalmente nas perdas, consequência de vazamentos e irregularidades. Isso impacta no fornecimento, mas o Projeto busca, em um futuro próximo, um abastecimento contínuo e ininterrupto”, explica Reinaldo Leão, coordenador do Projeto.

O que é o projeto Água Pai D’égua?

Os bairros recebem equipes multitarefa da Águas de São Francisco, que atuam com melhorias como extensão de rede, combate aos vazamentos, padronização de ligações, fiscalização de irregularidades, negociação de débitos e cadastro de Tarifa Social.

Em Barcarena, novo layout da fatura de água permite fácil acompanhamento do consumo

Postado por saofrancisco em 05/ago/2020 - Sem Comentários

A fatura de água que chega às residências dos barcarenenses está mais fácil e intuitiva. A conta com novo layout será entregue a partir do dia 05 de agosto (quarta-feira), e permite a melhor compreensão pelos usuários. Entre as informações presentes, constam relatório mensal de qualidade da água distribuída e histórico de consumo. Assim, a Águas de São Francisco explica como ler a sua conta de água.

É no canto superior direito que o morador pode conferir a matrícula, necessária para solicitar atendimentos para a empresa. As informações disponíveis na página inicial são os dados do cliente, com nome do titular, endereço, número do hidrômetro e tipo de economia. Em seguida, consta na fatura o histórico de consumo dos últimos seis meses. “Com essa informação, o barcarenense tem um melhor controle da água que utiliza. Isso porque, se a leitura indicar uma quantidade relativamente maior de uso em relação aos meses anteriores, pode ser sinal de vazamento e o morador deve entrar em contato com a empresa para solicitar uma vistoria de consumo”, explica o gerente comercial da Águas de São Francisco, Victor Romani.

O cliente também pode acompanhar a descrição dos serviços da fatura e, logo em seguida, a data de vencimento e o valor da conta. A Águas de São Francisco disponibiliza ao barcarenense a escolha da data que melhor se adequa ao orçamento. Para isso, basta escolher e solicitar a mudança nos canais de atendimento da concessionária. Os dias disponíveis são: 01, 05,10,15, 20 ou 25.

O morador ainda tem acesso ao relatório mensal de qualidade da água, com o resultado das 2.300 análises realizadas ao mês. Nos testes, são examinados turbidez, cloro residual livre (CRL), cor, coliformes totais (CT), Ph e Escherichia Coli (E. Coli), em padrões definidos pela PRC nº 5 de 28 de setembro de 2017, Anexo XX, do Ministério da Saúde.

Na fatura ainda consta o ‘Aviso de Débito’, que é uma mensagem enviada quando o cliente está com contas em atraso. “Durante esse período de pandemia, nossos serviços de corte estão suspensos, mas é importante que o morador continue mantendo suas contas em dia. Nesses casos, recomendamos que o cliente procure a empresa por meio dos canais de atendimento e verifique as oportunidades de negociação”, conta Romani.

No verso da fatura estão disponíveis as opções de atendimento para que o cliente possa procurar a empresa sem sair de casa, basta ter em mãos a matrícula disponível no canto superior direito da fatura. A concessionária dispõe do aplicativo Águas App, acessível nas plataformas Android e IOS e pode ser baixado gratuitamente no Google Play e no APP Store. A empresa também está disponível 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana e feriados, por meio do 0800 933 1000 ou WhatsApp (91) 99174-5940.

Projeto Água Pai D’égua chega ao bairro Luz Divina

Postado por saofrancisco em 17/jul/2020 - Sem Comentários

Conhecido como “o mutirão da Águas de São Francisco”, o projeto Água Pai D’égua iniciou a atuação no bairro Luz Divina, em Barcarena. A ação visa a regularização e padronização de 900 ligações de água e envolve conserto de vazamentos, combate às fraudes, negociação de débitos, atualização cadastral e instalação de hidrômetros. Luz Divina já recebeu 8 mil metros de rede de água distribuídas em 21 ruas do bairro. O serviço terá continuidade e deve alcançar mais de 1.500 pessoas quando concluído.

A iniciativa tem o objetivo de regularizar o abastecimento e combater as perdas de água. “Estamos trabalhando na melhoria do abastecimento de água em diversos aspectos, desde a infraestrutura e manutenção até o enfrentamento às irregularidades e a orientação para o consumo responsável. Com o auxílio do hidrômetro, por exemplo, o usuário consegue acompanhar o volume de água utilizado”, explica Fernando Teles, coordenador da Águas de São Francisco.

Agentes devidamente uniformizados e identificados com crachá funcional estão autorizados a negociar débitos em diversas parcelas a escolha do cliente. O serviço ocorre na modalidade porta a porta, proporcionando maior comodidade para o cliente e contribuindo para a não disseminação da COVID-19. O usuário pode parcelar débitos e efetuar pagamentos com cartão de crédito ou débito.

Pioneiro receberá 18 mil metros de rede de água

Postado por saofrancisco em 26/jun/2020 - Sem Comentários

O projeto Água Pai D’égua, da Águas de São Francisco, está atuando no bairro Pioneiro e deve beneficiar aproximadamente oito mil moradores. O objetivo é promover o acesso à água tratada. Até o momento, foram implantados 13 mil metros de tubulações novas e a população já percebe a melhoria no abastecimento.

“Quando eu vi a água caindo do chuveiro da minha casa, não acreditei. Minha rotina mudou a partir daquele momento. Todos devem valorizar a água que cai das torneiras, dos chuveiros, pois só quem não tem sabe o sufoco que é”, comentou a autônoma Helena Santos.

A água tratada é um dos itens do saneamento básico e leva à melhoria da saúde e da qualidade de vida. A concessionária entende que a água é fundamental para a prevenção ao novo coronavírus e, por isso, manteve os investimentos de implantação de rede para a garantia da higiene pessoal e doméstica.

O projeto Água Pai D’égua vem beneficiando a população de Barcarena, contemplando regiões como Caripi, Murucupi, Arapari e parte da Vila do Conde. Agora, as ações seguem no Pioneiro, um dos bairros mais populosos do município. “Além da implantação de rede, combatemos as fraudes. Isso aumenta a segurança do usuário em relação à qualidade da água, pois os riscos de possíveis contaminações em função das irregularidades diminuem; assim como também diminui a perda de água devido aos vazamentos ocasionados pelas ligações clandestinas. O resultado é mais água disponível para todos”, comenta o gerente de serviços Reinaldo Leão.

O que é o projeto Água Pai Dégua?

Os bairros recebem equipes multitarefa da Águas de São Francisco, que atuam com melhorias como extensão de rede, combate aos vazamentos, padronização de ligações, fiscalização de irregularidades, negociação de débitos e cadastro de Tarifa Social.

Estação de Tratamento de Esgoto é inaugurada virtualmente em Barcarena

Postado por saofrancisco em 08/jun/2020 - Sem Comentários

Em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Águas de São Francisco inaugurou a primeira Estação de Tratamento de Esgoto de Barcarena. O evento ocorreu nessa sexta-feira (5), em ambiente virtual, em atendimento às orientações de isolamento social. A unidade tem capacidade para tratar 18 mil litros de dejetos por hora, com benefício direto para 4,4 mil moradores.

O investimento vem na contramão da realidade do estado, que registra a pior posição no Ranking do Saneamento 2020, do Instituto Trata Brasil, que considera as 100 maiores cidades brasileiras em termos de população. Encabeçada por Ananindeua (100º), a lista segue com Santarém (97º) e Belém (95º) entre as dez cidades com os índices mais preocupantes.

“O saneamento é uma infraestrutura ainda deficiente no Brasil. O Pará é um dos estados com os maiores desafios em saneamento básico no país. Mais da metade da população paraense não tem acesso à água tratada e apenas 5% conta com coleta de esgoto. A região Norte tem uma dificuldade muito grande em levar esses serviços à população. É um orgulho ver uma cidade como Barcarena caminhar na direção certa, rumo à universalização do saneamento”, destacou o diretor executivo do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos.

A dinâmica de instalação das cidades não prioriza o saneamento básico. Logo, poços rasos são perfurados ao lado de fossas, colocando a saúde da população em risco. Esta situação começa a mudar em Barcarena, com a inauguração da ETE Cabanos. “Com o tratamento de esgoto, a saúde pública e toda a população ganham, a partir da prevenção de doenças infecciosas do trato intestinal e doenças parasitárias”, destaca o prefeito de Barcarena, Paulo Alcântara. “Hoje, a empresa está dando provas que a decisão pela concessão foi acertada e esperamos que daqui para frente a gente comece a melhorar a situação do esgoto em Barcarena. Este foi o primeiro passo”, completa.

O investimento em saneamento básico impacta positivamente na saúde pública. É que a cada R$ 1,00 investido em saneamento, economizam-se R$ 4,00 em custos com saúde. “Toda a cidade que quer crescer pensa em investimento em saneamento básico, que é muito importante para que a população tenha saúde. O poder público acaba, então, diminuindo seus custos com esse investimento”, afirmou José Ilson, presidente da Câmara Municipal de Barcarena.

A concessionária Águas de São Francisco trabalha na ampliação da cobertura de esgotamento sanitário no município. Em breve, os investimentos beneficiarão 14 mil moradores. O projeto de expansão inclui a implantação de duas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE). “No nosso país, de tantas desigualdades, temos que garantir o acesso aos serviços essenciais, como o saneamento. A gente espera poder avançar e garantir a todos os munícipes o esgotamento sanitário”, deputado estadual Renato Ogawa.

Localizada às margens do rio Murucupi, a ETE Cabanos utiliza Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA), tecnologia que confere mais eficiência na operação. “A ETE Cabanos e toda a infraestrutura como extensão de rede e interligações domiciliares à rede coletora, trazem benefícios para a saúde preventiva. O esgoto bruto passa por tratamento biológico, de significativo desempenho, que está adequado ao clima da cidade. No momento, são 4,4 mil moradores beneficiados e iremos expandir o serviço”, destacou Diego Dal Magro, diretor executivo da Águas de São Francisco.

As praias e igarapés do município agora contam com o esgotamento sanitário como aliado na preservação dos recursos hídricos. A pedagoga Roseane Simões Cardoso mora no município desde a década de 1980 e comemora os avanços. “A Estação de Tratamento de Esgoto vai dar uma melhor condição de vida para os ribeirinhos. Ter saúde é fundamental”.

O diretor-presidente da Águas de São Francisco frisou que, além do trabalho da concessionária, para que entregas como a ETE Cabanos sejam possíveis, sobretudo em um momento de enfrentamento à pandemia, é preciso que demais agentes estejam comprometidos com o saneamento. “Os investimentos são construídos pela disposição política do poder concedente; fiscalização por parte da Agência Reguladora; do trabalho do Legislativo na elaboração das leis; e pela população que clama cada vez mais por serviços de qualidade”.

Os serviços da Águas de São Francisco são fiscalizados pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Barcarena. “A Agência garante o controle e a medição dos serviços para a melhor prestação à população e desenvolvimento da cidade. Nos associamos à Associação Brasileira de Agências de Regulação, o que permitiu mais capacitação junto as demais agências, figurando no cenário nacional e internacional, para trazer o mais alto grau de eficiência aos usuários, concedentes e prestadores”, explica o presidente da Arsep, Affonso Henriques.