Arquivo de junho 26America/Sao_Paulo 2020

Pioneiro receberá 18 mil metros de rede de água

Postado por saofrancisco em 26/jun/2020 - Sem Comentários

O projeto Água Pai D’égua, da Águas de São Francisco, está atuando no bairro Pioneiro e deve beneficiar aproximadamente oito mil moradores. O objetivo é promover o acesso à água tratada. Até o momento, foram implantados 13 mil metros de tubulações novas e a população já percebe a melhoria no abastecimento.

“Quando eu vi a água caindo do chuveiro da minha casa, não acreditei. Minha rotina mudou a partir daquele momento. Todos devem valorizar a água que cai das torneiras, dos chuveiros, pois só quem não tem sabe o sufoco que é”, comentou a autônoma Helena Santos.

A água tratada é um dos itens do saneamento básico e leva à melhoria da saúde e da qualidade de vida. A concessionária entende que a água é fundamental para a prevenção ao novo coronavírus e, por isso, manteve os investimentos de implantação de rede para a garantia da higiene pessoal e doméstica.

O projeto Água Pai D’égua vem beneficiando a população de Barcarena, contemplando regiões como Caripi, Murucupi, Arapari e parte da Vila do Conde. Agora, as ações seguem no Pioneiro, um dos bairros mais populosos do município. “Além da implantação de rede, combatemos as fraudes. Isso aumenta a segurança do usuário em relação à qualidade da água, pois os riscos de possíveis contaminações em função das irregularidades diminuem; assim como também diminui a perda de água devido aos vazamentos ocasionados pelas ligações clandestinas. O resultado é mais água disponível para todos”, comenta o gerente de serviços Reinaldo Leão.

O que é o projeto Água Pai Dégua?

Os bairros recebem equipes multitarefa da Águas de São Francisco, que atuam com melhorias como extensão de rede, combate aos vazamentos, padronização de ligações, fiscalização de irregularidades, negociação de débitos e cadastro de Tarifa Social.

Ampliação do acesso ao esgotamento sanitário segue em ritmo acelerado em Barcarena

Postado por saofrancisco em 19/jun/2020 - Sem Comentários

A Águas de São Francisco continua trabalhando na expansão do saneamento de Barcarena. Com a primeira estação de tratamento de esgoto – ETE Cabanos – em plena operação e beneficiando 4,4 mil moradores, os serviços da concessionária atualmente se concentram na ativação total da rede de esgotamento sanitário de Vila dos Cabanos.

Para garantir maior performance nas ações de implantação, a empresa tem atuado com sistema de bacias. A primeira já está com os trabalhos concluídos e em funcionamento (cor azul no mapa). Já a segunda bacia, que compreende o trecho entre a avenida Cônego Batista Campos e a rua Romão da Graça Forte, está em processo de execução (cor rosa no mapa).

“Estamos realizando a manutenção e desobstrução de tubulações, e a revitalização de estruturas, visando alcançar a cobertura total em Vila dos Cabanos ainda neste ano. Investimentos como esse reflete em inúmeros aspectos socioeconômicos, e também significa diminuição de doenças, contribuição para valorização de imóveis e preservação de meio ambiente”, comenta o coordenador operacional da Águas de São Francisco, Fernando Teles.

Em breve, 14 mil moradores de Vila dos Cabanos devem ser beneficiados com o serviço. A ampliação da cobertura prevê a implantação de duas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE) até final de 2020. Incorporado no investimento, será realizado interligações de redes, execução de coletores tronco e de interceptores, aplicação necessária para escoamento dos dejetos até a ETE.

A equipe da concessionária também atua na realização de cadastro dos usuários que residem na área que conta com rede coletora. O objetivo é sensibilizar e informar quanto a importância da conexão à rede de esgoto.

ETE Cabanos

A ETE Cabanos é o primeiro investimento em esgotamento sanitário que Barcarena recebe. O município do interior do estado tem trabalhado para melhorar os indicadores de acesso ao serviço. O Pará ocupa posição preocupante no Ranking do Saneamento, do Instituto Trata Brasil. As cidades de Ananindeua (100º), Santarém (97%) e Belém (95º) estão entre as cinco com as menores médias do país.

 

Clientes podem pagar faturas de água utilizando aplicativos

Postado por saofrancisco em 10/jun/2020 - Sem Comentários

Nada melhor do que resolver pendências na palma da mão e em qualquer lugar. Pensando nisso, a Águas de São Francisco disponibilizou opções de pagamento online das faturas de água e esgoto por meio de aplicativos. Para utilizar os serviços, os moradores podem baixar o PicPay ou o Águas App, ambos disponíveis gratuitamente na Apple Store e Google Play.

Ao baixar o PicPay, a pessoa deve se cadastrar informando nome, e-mail, CPF e cartão de crédito. O diferencial desse aplicativo é que o usuário também poderá transferir dinheiro da conta corrente para o app, que será convertido em saldo no PicPay. Com isso, a pessoa consegue programar a forma de pagamento, optando por pagar apenas com saldo PicPay, pagar apenas com o cartão de crédito ou pagar com o saldo PicPay e complementar com o cartão de crédito.

Confira o passo a passo para programar o pagamento: ao abrir o aplicativo, o usuário deverá clicar no botão “Pagar” e depois na opção “Pagar Conta”. Após essa etapa, o cliente escolhe fazer a leitura do código de barras automático ou digitação manual. Por fim, o usuário insere a forma de pagamento da fatura, considerando as opções disponíveis. É rápido, fácil e seguro.

Já o Águas App é o aplicativo que tem como objetivo facilitar ainda mais o acesso aos serviços prestados pela concessionária. Por meio dele, é possível realizar o pagamento com cartão e, ainda, solicitar 2ª via da fatura; faturas por e-mail e certidão negativa. Além disso, o cliente pode optar por parcelar faturas, e ainda informar sobre vazamentos, acessar o cronograma de leitura e denunciar quaisquer situações irregulares.

“Estamos buscando constantes soluções que tragam praticidade e comodidade aos usuários. Por isso, aumentamos as opções de acesso aos nossos serviços por meio de aplicativos, que são alternativas seguras, fáceis e rápidas”, destaca Victor Planas Romani, gerente comercial da Águas de São Francisco.

Além dessas opções, a Águas de São Francisco disponibiliza Serviços Online para pagamentos com cartão de crédito e débito, disponível no site www.aguasdesaofrancisco.com.br. Os consumidores também podem solicitar atendimento por meio do WhatsApp (91) 99174-5940 ou ligar para 0800 933 1000. Os canais funcionam 24 horas, inclusive aos fins de semana e feriados.

Estação de Tratamento de Esgoto é inaugurada virtualmente em Barcarena

Postado por saofrancisco em 08/jun/2020 - Sem Comentários

Em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Águas de São Francisco inaugurou a primeira Estação de Tratamento de Esgoto de Barcarena. O evento ocorreu nessa sexta-feira (5), em ambiente virtual, em atendimento às orientações de isolamento social. A unidade tem capacidade para tratar 18 mil litros de dejetos por hora, com benefício direto para 4,4 mil moradores.

O investimento vem na contramão da realidade do estado, que registra a pior posição no Ranking do Saneamento 2020, do Instituto Trata Brasil, que considera as 100 maiores cidades brasileiras em termos de população. Encabeçada por Ananindeua (100º), a lista segue com Santarém (97º) e Belém (95º) entre as dez cidades com os índices mais preocupantes.

“O saneamento é uma infraestrutura ainda deficiente no Brasil. O Pará é um dos estados com os maiores desafios em saneamento básico no país. Mais da metade da população paraense não tem acesso à água tratada e apenas 5% conta com coleta de esgoto. A região Norte tem uma dificuldade muito grande em levar esses serviços à população. É um orgulho ver uma cidade como Barcarena caminhar na direção certa, rumo à universalização do saneamento”, destacou o diretor executivo do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos.

A dinâmica de instalação das cidades não prioriza o saneamento básico. Logo, poços rasos são perfurados ao lado de fossas, colocando a saúde da população em risco. Esta situação começa a mudar em Barcarena, com a inauguração da ETE Cabanos. “Com o tratamento de esgoto, a saúde pública e toda a população ganham, a partir da prevenção de doenças infecciosas do trato intestinal e doenças parasitárias”, destaca o prefeito de Barcarena, Paulo Alcântara. “Hoje, a empresa está dando provas que a decisão pela concessão foi acertada e esperamos que daqui para frente a gente comece a melhorar a situação do esgoto em Barcarena. Este foi o primeiro passo”, completa.

O investimento em saneamento básico impacta positivamente na saúde pública. É que a cada R$ 1,00 investido em saneamento, economizam-se R$ 4,00 em custos com saúde. “Toda a cidade que quer crescer pensa em investimento em saneamento básico, que é muito importante para que a população tenha saúde. O poder público acaba, então, diminuindo seus custos com esse investimento”, afirmou José Ilson, presidente da Câmara Municipal de Barcarena.

A concessionária Águas de São Francisco trabalha na ampliação da cobertura de esgotamento sanitário no município. Em breve, os investimentos beneficiarão 14 mil moradores. O projeto de expansão inclui a implantação de duas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE). “No nosso país, de tantas desigualdades, temos que garantir o acesso aos serviços essenciais, como o saneamento. A gente espera poder avançar e garantir a todos os munícipes o esgotamento sanitário”, deputado estadual Renato Ogawa.

Localizada às margens do rio Murucupi, a ETE Cabanos utiliza Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA), tecnologia que confere mais eficiência na operação. “A ETE Cabanos e toda a infraestrutura como extensão de rede e interligações domiciliares à rede coletora, trazem benefícios para a saúde preventiva. O esgoto bruto passa por tratamento biológico, de significativo desempenho, que está adequado ao clima da cidade. No momento, são 4,4 mil moradores beneficiados e iremos expandir o serviço”, destacou Diego Dal Magro, diretor executivo da Águas de São Francisco.

As praias e igarapés do município agora contam com o esgotamento sanitário como aliado na preservação dos recursos hídricos. A pedagoga Roseane Simões Cardoso mora no município desde a década de 1980 e comemora os avanços. “A Estação de Tratamento de Esgoto vai dar uma melhor condição de vida para os ribeirinhos. Ter saúde é fundamental”.

O diretor-presidente da Águas de São Francisco frisou que, além do trabalho da concessionária, para que entregas como a ETE Cabanos sejam possíveis, sobretudo em um momento de enfrentamento à pandemia, é preciso que demais agentes estejam comprometidos com o saneamento. “Os investimentos são construídos pela disposição política do poder concedente; fiscalização por parte da Agência Reguladora; do trabalho do Legislativo na elaboração das leis; e pela população que clama cada vez mais por serviços de qualidade”.

Os serviços da Águas de São Francisco são fiscalizados pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Barcarena. “A Agência garante o controle e a medição dos serviços para a melhor prestação à população e desenvolvimento da cidade. Nos associamos à Associação Brasileira de Agências de Regulação, o que permitiu mais capacitação junto as demais agências, figurando no cenário nacional e internacional, para trazer o mais alto grau de eficiência aos usuários, concedentes e prestadores”, explica o presidente da Arsep, Affonso Henriques.

Primeira Estação de Tratamento de Esgoto de Barcarena entra em operação

Postado por saofrancisco em 05/jun/2020 - Sem Comentários

A pandemia do novo coronavírus evidenciou que o acesso ao saneamento básico é fundamental para a prevenção de doenças. O serviço é classificado como essencial e, por isso, não pode parar. Além de garantir a plena operação do abastecimento de água, o município de Barcarena (PA) conta agora com a primeira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE Cabanos), com capacidade de tratar, a cada hora, 18 mil litros de dejetos, devolvendo-os ao meio ambiente em condições adequadas.

Em um momento que é necessário diminuir os riscos de contaminação de outras doenças, o tratamento do esgoto torna-se imprescindível. O avanço na cobertura de esgotamento sanitário no município é um exemplo do compromisso da Águas de São Francisco em contribuir para a saúde da população. É que a cada R$ 1,00 investido em saneamento, economizam-se R$ 4,00 em custos com saúde.

O investimento vem na contramão da realidade do estado, que registra a pior posição no Ranking do Saneamento 2020, do Instituto Trata Brasil, que considera as 100 maiores cidades brasileiras em termos de população. Encabeçada por Ananindeua (100º), a lista segue com Santarém (97º) e Belém (95º) entre as dez cidades com os índices mais preocupantes.

Em Barcarena, a concessionária Águas de São Francisco trabalha na ampliação da cobertura que, em breve, beneficiará 14 mil moradores. O projeto de expansão inclui a implantação de duas Estações Elevatórias de Esgoto (EEE). Localizada às margens do rio Murucupi, a ETE Cabanos utiliza Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA), tecnologia que confere mais eficiência na operação e requer menor utilização territorial, quando comparado às estruturas tradicionais. Após a remoção de poluentes, através de processos físicos e biológicos, o esgoto tratado volta ao meio ambiente e preserva os recursos naturais do município.

“O saneamento é um relevante agente de saúde preventiva, uma vez que, ao garantir água tratada e esgotamento sanitário, a população fica protegida de doenças de veiculação hídrica. No enfrentamento à pandemia, iniciamos a operação da primeira Estação de Tratamento de Esgoto de Barcarena, com a certeza de contribuir positivamente para o desenvolvimento da cidade e bem-estar dos moradores”, destaca Cleyson Jacomini, diretor-presidente da Águas de São Francisco.

O prefeito Paulo Alcântara destaca a estreita relação entre saúde pública e esgotamento sanitário. “Não se trabalha saúde, sem antes pensar em qualidade de vida, para evitar que as pessoas adoeçam. Isso tem a ver com saneamento básico e tratamento de esgoto. Isso também é saúde. A ETE Cabanos é um investimento importante e a Prefeitura vai incentivar também a sua ampliação”.